18 de outubro de 2017

15 dicas práticas para organizar sua mudança

Compartilhe pela rede:

Quem já mudou de casa há de concordar: a alegria despertada pela nova moradia é quase proporcional ao pânico ante a ideia de fazer a mudança. Exageros à parte, é tanta caixa espalhada por todos os lados, que às vezes dá a impressão de que essa trabalhosa fase não vai acabar nunca. Mas não precisa ficar com os cabelos em pé. É possível planejar tudo com calma, tornando o processo mais simples. Quanto mais organização, mais rápido tudo ficará no lugar e, como consequência, mais cedo você e sua família poderão aproveitar o novo cantinho. Confira 20 dicas espertas e esquematize sua mudança sem estresse.

ANTES DE COMEÇAR:

  1. Não deixe tudo para a última hora: embale as coisas que você não usa tanto de um a dois meses antes da data da mudança. Itens de vestuário, roupas de cama e louças de cozinha podem entrar nessa leva.
  2. Tente se programar para não precisar transportar muita comida, bebida ou coisas líquidas, como frascos de xampu, por exemplo. Faça as compras considerando o tempo de uso até o dia da mudança. Isso porque os produtos podem vazar durante o transporte e causar transtornos desnecessários.
  3. Importante: prefira as caixas médias e pequenas. Apesar de poderem concentrar mais coisas, as caixas grandes acabam ficando pesadas e, portanto, ruins de carregar.
  4. A cozinha e o banheiro da casa nova serão os locais mais utilizados por quem estiver envolvido no processo de mudança. Por isso, faça uma limpeza nos dois ambientes antes de começar a trazer as coisas.

DURANTE A MUDANÇA:

  1. Tudo fica mais simples se as caixas já forem colocadas no lugar certo, quando chegarem à casa nova. Na hora de embalar os objetos, escreva em uma folha sulfite o cômodo correspondente e fixe-a na superfície de cada caixa, com uma breve descrição do que está dentro dela. Assim, quem for transportar já saberá onde deve ser deixado e o trabalho de tirar tudo da caixa para guardar é facilitado.
  2. Em vez de limpar a casa nova antes da mudança, faça isso na hora, conforme for guardando as coisas.
  3. Em vez de tirar as roupas da gaveta, colocar em uma caixa e depois ter que realocá-las para a gaveta da casa nova, simplifique: tire a gaveta do armário, coloque-a dentro de um saco plástico – pode ser um daqueles pretos, geralmente utilizados para o lixo – e feche com fita PVC. Se tiver que devolver a gaveta para o armário da casa antiga, basta levá-las de volta depois.
  4. Dá para aproveitar uma das caixas em que você for colocar cobertores e travesseiros para levar também objetos frágeis. Basta embalá-las bem com plástico bolha e colocá-las entre um edredom e um travesseiro, por exemplo.
  5. Você também pode utilizar as malas de viagem para transportar peças de roupas. Se tiver roupas nas prateleiras, pegue as pilhas do jeito que estão e coloque-as em uma caixa ou mala. Em ordem, elas podem ir direto para o novo armário.
  6. O mesmo funciona para as roupas em cabides. Coloque-as estendidas, uma sobre a outra, dentro de uma caixa ou mala. Depois é só tirá-las da caixa e pendurá-las no lugar certo.
  7.  Tem muitas bijuterias? Coloque cada uma dentro de um saquinho, para que não enrosquem, e leve tudo dentro de uma necessaire.
  8. Ao embalar as louças de cozinha, coloque cada conjunto em uma caixa, mesmo que sobre um pouco de espaço. Assim, o trabalho de saber onde cada coisa será guardada na casa nova fica mais fácil. Só não se esqueça de preencher os espaços vazios para que as peças não fiquem soltas, batendo umas nas outras. Uma dica: toalhas de mesa e sousplats podem ser colocados nessas caixas. Além de não precisarem de uma caixa só para elas, as peças ainda ajudam a amortecer possíveis impactos, protegendo os outros objetos.
  9. Quando for embalar peças frágeis, não economize no plástico bolha. Jarras e bules, por exemplo, devem ser enrolados até que o espaço entre a alça e o corpo do objeto esteja totalmente preenchido. Depois, são necessárias mais duas camadas para cobrir também a alça.
  10. Para embalar os talheres, serve a dica das gavetas de roupas. Pegue a própria gaveta e embale-a com um saco plástico. Importante descrever na etiqueta qual lado deve ficar virado para cima, para evitar que as peças saiam do lugar e se misturem.

E PARA FINALIZAR:

  1. É só trocar o endereço para recebimento de correspondências e pronto! Bem vindo à casa nova! 😉

Fonte: Blog Italínea